quarta-feira, 27 de maio de 2009

Nicola

Aqui fica o aviso às pessoas sensíveis...

Não leiam! =)

Lindo!!!

Ahahaahahahahaah

terça-feira, 26 de maio de 2009

O estado da Nação VII


Começo a achar que das duas uma - ou não temos remédio, ou estamos mesmo muito mal remediados!

Eu estava bastante contente de chegar a casa, de me esticar no sofá e apreciar o sol que tanto brilhava. Mas foi sol de pouca dura - foi até ao exacto momento em que liguei a televisão...erro! Devia ter ligado o rádio, óbvio!

Há um qualquer tempo de antena nos quatro canais (até Outubro vou ponderar ter tv cabo ou não ligar definitivamente a televisão!) para os partidos dissertarem nos propósitos pelos quais devem ser eleitos pelos cidadãos portugueses para o Parlamento Europeu - por muito pouca gente conhecido como um órgão do povo, para o povo.

Reparei no pequeno pormenor que estão a gastar as suas resmas de dinheiro a (des)informar os cidadãos...razão pela qual entendo, cada vez melhor, como é tão mais fácil esconder a cabeça não na areia, mas no centro da Terra. Isto só para não ter que ouvir tamanhas barbaridades, ou a falta delas (ainda se admitia que as tivessem tido...as ideias, claro!).

Isto tudo, portanto, deve-se aos quatro tristes partidos que tive a “oportunidade” de ouvir (ainda estou a pensar no que ouvi...) e ver na televisão – alegadamente para apelar ao voto para o dia 7 de Junho, ou seja, as eleições EUROPEIAS! (Bem sei que já repeti...)

Assim sendo, deixo aqui alguns dos brilharetes que francamente me impressionaram. Mas que me impressionaram mesmo!

  • MEP – Movimento Esperança Portugal – candidata Laurinda Alves

“Tenho vinte anos e vou votar na Laurinda Alves porque acredito que fará a diferença” – já nem menciono a que tinha 20 anos, o que tinha 22 anos, e muito menos o facto agora sim ter a certeza que a Laurinda Alves vai revolucionar o Parlamento Europeu ... (menos mal, a Catalina Pestana apelou ao voto, uau...!)

“Sou da Madeira, sou Madeirende e voto na Laurinda Alves para o Parlamento Europeu” – fantástico! Com um fã madeirense, vamos lá! De certeza...!

  • PPM – Partido Popular Monárquico

Desconheço quem seja o candidato mas o nome também não deve ser importante porque nem sequer mencionado foi (posso-me ter abstraído de tão pasma que estava!)...ainda assim esta ave rara teve algumas saídas brilhantes, sendo que o “farto” (incluindo o plural = “fartos”) foi a palavra de ordem.

O que mais gostei foi a vontade de trazer o “Portugal de 800 anos” para a Europa. Ainda pensei que em vez das Europeias fosse um movimento do "Volta D. Sebastião, volta!". Contudo, o que pretende mesmo é o Portugal monárquico por oposição ao Portugal de “100 anos”, sendo que este último vai ser celebrado brevemente e não passa de um “regime sem contraditório” (o quê??????).

Quase que me levantei para bater palmas... mas isso foi um pequeno pensamento depois de ter caído no chão de tanto rir!

Fantástico!!! Uma bela prestação!

  • POUS4 – Partido Operário de Unidade Socialista

Ainda julguei que fosse um perfume novo e que tinham colocado o "anúncio" erradamente no alinhamento, mas considerando o ar da senhora mudei de ideias. Nunca tinha ouvido falar de tal coisa (=partido), nem sei o nome da senhora, mas também não interessa...

O que importa verdadeiramente é que a senhora, quando não se engasgar no que ler, irá:

- lutar para que se “ouça” os problemas da Quimonda;

- lutar contra a crise do desemprego que se faz sentir em Portugal;

- irá tentar evitar a deslocalização das empresas que têm em vista o lucro, e

- tudo fará por uma “campanha política que forçará o Governo ao desenvolvimento do país” .

E o país está ao rubro com estas propostas!

Bravo, bravíssimo!!!

Depois das palmas fiquei um pouco confusa....não sei exactamente de que governo ela está a falar...(a menos que se vá queixar do Sócrates para o Parlamento Europeu -tenho a certeza que se tivesse dito isto com as letras todas teria tido mais impacto...).

Não sei quem terá esclarecido a senhora, mas nunca ouvi/li/vi/etc. que uma empresa não tivesse em vista o lucro, a menos que se chame Fundação, Organização Não Governamental, ou uma qualquer Associação que lhe valha. Vou ler, ver, ouvir...novamente, qualquer coisinha.

Last, but not the least, aproveito para deixar o melhor para o fim. Foi, sem dúvida, este o partido que superou francamente todas as minhas expectativas!

Este foi sem dúvida a cereja no topo do bolo!

  • CDS – candidato Nuno Melo (este eu sei...gaita! se calhar também deveria saber os outros...ups!)

Os temas dissertados explanaram:

- “em quatro anos aumentaram nove impostos” – 9 impostos minha gente, fujamos!

- (... abstraí-me....)

- desemprego

- (...abstraí-me..........)

- governo socialista – bla bla bla

Portanto...

Ainda fiquei à espera mas já tinham terminado.

Fui beber um copo de água.

Acalmei.

Era mesmo verdade.

O único sinal que “aquilo” é para as eleições europeias e não para as autárquicas...só mesmo o slogan - “Europeias 09”.

Bravo...! Não, a sério... FANTÁSTICO!!!!

13 candidatos, 13 propostas.

Se forem todas assim...

Excelentíssimos Senhores

Excelentíssimas Senhoras,

Parabéns!

Vão dar mais uma vez razão ao facto de estarmos na cauda da Europa.

Obrigada por se esforçarem tanto!,

A vossa cidadã

Atenção!

Admito que o erro possa ter sido meu e a esta conclusão se dever o facto de não ter retirado o som à televisão...mea culpa!

Assim sendo queiram ignorar o acima exposto.

Links:

- Eleições Europeias 2009

- Gabinete em Portugal do Parlamento Europeu

- Comissão Europeia

- Representação da Comissão Europeia em Portugal

- Conselho da União Europeia

- Centro de Informação Europeia Jacques Delors (os partidos políticos podem começar por visitar este website!...)

Pirataria - O Regresso

Os Piratas estão de volta!

Esqueçam o Jack Sparrow e as Caraíbas, ou a Somália!

Estes Piratas são bem Europeus e estão a abrir alas por entre os jovens, sobretudo quando «defendem a livre partilha de ficheiros, mesmo que estes estejam sujeitos ao pagamento de direitos de autor.»

Está bem, pronto...

Viva a Democracia e Viva às eleições Europeias!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

sexta-feira, 15 de maio de 2009

::.Pedra Filosofal.::


Imagem


Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

António Gedeão in Movimento Perpétuo, 1956